Justiça determina prisão em série por abuso de animais após investigação da Mercy For Animals
No dia 26 de setembro, Jonathan Talbot, um ex-funcionário da Chilliwack Cattle Sales, a maior fábrica de laticínios no Canadá, foi condenado a 35 dias de prisão por abusar de animais, além de ter sido proibido de ter animais grandes sob seus "cuidados" por um prazo de dois anos. O processo judicial a que o funcionário respondia – e pelo qual se declarou culpado – começou após uma investigação secreta da Mercy For Animals filmar trabalhadores da empresa batendo cruelmente em vacas com bastões, chutando-nas, jogando objetos nos testículos de um touro e cutucando feridas em seus corpos.

Veja as imagens que levaram à prisão de Talbot aqui:


Talbot é o quinto trabalhador a receber uma pena de prisão por abuso de animais após essa investigação pioneira da MFA. No começo deste ano, quatro outros trabalhadores responsáveis pelas vendas de gado de Chilliwack foram condenados a um total de 147 dias de prisão. Foi a primeira vez na história do país que ex-trabalhadores de fábrica foram condenados à prisão por maus tratos a animais expostos por uma investigação secreta por uma organização de proteção animal. Em dezembro passado, em outra vitória histórica para os animais, a Chilliwack Cattle Sales e seu dono Wesley Kooyman foram condenados por crueldade contra os animais e condenados a pagar uma multa no valor de quase US$ 350 mil (o equivalente a mais de R$ 1 milhão). Outro trabalhador que se declarou culpado ainda deve receber sua sentença no início de outubro.

A crueldade exposta pela Mercy For Animals levou o Ministro da Agricultura de British Columbia, Norm Letnick, a alterar a Lei de Prevenção de Crueldade a Animais, de forma a incorporar o "Dairy Code of Practice" e fazer com que sejam instaurados ao menos padrões básicos para que os animais sofram menos enquanto ainda forem explorados.

A Mercy For Animals continuará fazendo investigações secretas para expor o mundo sombrio por trás dos muros e paredes de fazendas e abatedouros, buscando punir sempre trabalhadores que abusam de animais infringindo a lei, ainda que haja pouquíssimas leis que protejam os animais explorados para consumo.

A única forma de realmente proteger as vacas e todos os animais contra o sofrimento e a violência é escolher uma dieta vegetariana e deixar o leite e outros produtos de origem animal fora da sua alimentação. Baixe gratuitamente nosso Guia Vegetariano para descobrir como se livrar dos laticínios.
Fique sabendo de novas receitas, dicas e muito mais!
Leia Mais Notícias